Tópicos

O que trazer

Requisitos:
– Câmera;
– Roupa cômoda;
– Uma frase que inspire e funcione como disparador;
– Uma foto importante e representativa de um;
– Uma série de imagens (de 10 a 30) em que estejam trabalhando ou que tenham concluído recentemente, impressas em papel tamanho 10×15 ou 18×24 cm (opcional).

Infos

Workshop [15 horas]
Envie o formulário de inscrição para ser avisado sobre próximas turmas
2x R$ 375,00

Descrição

O workshop está pensado para todos aqueles que tenham conhecimentos básicos em fotografia e interesse em aprofundar o olhar, com objetivo de poder contar uma história e construir um relato a partir de imagens. Durante o workshop nos relacionaremos com o universo das fotografias por meio da visão, do diálogo interno/externo e nossa forma de sentir e perceber o mundo.

Refletiremos sobre as diversas variáveis que constituem um ensaio fotográfico, os modos de abordá-lo, as ferramentas, técnicas e formatos, e discutiremos autores que apoiam esses conceitos em suas obras. Teremos uma saída fotográfica e uma subsequente imersão nas imagens captadas, editando e dando sentido ao material. O objetivo final deste workshop é vislumbrar e alcançar unidade em nossos trabalhos.

 

Foto: Sebastian Szyd 

Inscrição

Sebastián Szyd

Sebastián Szyd nasceu em 1974, em Buenos Aires, Argentina. Em 1993 fez sua primeira de muitas viagens fotográficas pela América Latina. Três anos mais tarde viajou para a Índia, experiência que confirmou seu interesse pelo meio fotográfico. Após seu retorno, em 1996, Szyd  começou uma extensa colaboração com as principais agências de mídia da Argentina. Em 1999, voltou a viajar pela América Latina, a fim de realizar um projeto pessoal de publicação. Nos três seguintes, dedicou-se ao ensaio fotográfico From Earth (A partir da Terra), um estudo sobre famílias e infância em áreas rurais da Argentina, que em 2004 lhe rendeu o premio National Fund for the Arts Grant. Em 2003, Szyd começou a fotografar a vida e os costumes de comunidades andinas na Argentina, Bolívia, Chile, Equador e Peru, e em 2010, a La Azotea Editorial publicou “America”, sua primeira monografia. Em 2009 iniciou Flores e Pedras, para o qual recebeu uma bolsa da John Simon Guggenheim Memorial Foundation Fellowship, em 2010.

Sua obra já foi publicada e exibida em vários países da América, Europa e Ásia, estando presente em coleções públicas e privadas, como no Museo Nacional de Bellas Artes.

Compartilhe isso: