Tópicos

* Introdução ao espectro de luz infravermelho e métodos fotográficos de captura de IR;
* O processo de conversão de câmeras digitais e características de sensores, filtros de IR e suas características, resposta de lentes à luz IR, problemas característicos em conversões mal feitas;
* Gravar a imagem em RAW ou JPEG? As características de cada um destes formatos, vantagens e desvantagens;
* Como acertar o balanço de branco em uma câmera convertida?
* Fotometria, ISO e foco em IR: como acertar estes parâmetros para obter um arquivo de boa qualidade?
* Fotografar em PB ou cor?
* Características de temas específicos: paisagens, arquitetura e pessoas;
* Processando imagens IR em Lightroom: níveis, conversão para PB, ruído e inversão de cores.

O que trazer

Se você tiver uma câmera convertida para IR, ótimo! Venha com ela. Teremos 4 câmeras com sensores diferentes (Canon, Panasonic e Fuji) e algumas lentes para você testar. Além disto teremos alguns tripés e filtros de IR para testar em câmeras não convertidas. Ou seja, traga qualquer câmera que você tiver. Se você quiser trazer o seu próprio laptop (com Lightroom instalado) poderá seguir as explicações do instrutor no monitor da sala, mas nós não teremos tempo para instalações e configurações de equipamentos dos alunos.

Infos

Workshop [15 horas, 10 teóricas e 5 práticas]
Envie o formulário de inscrição para ser avisado sobre próximas turmas
19h às 22h [sexta-feira]
10h às 17h [sábado e domingo]
2x R$ 400,00

Descrição

Enquanto a fotografia tradicional captura a luz refletida para gravar uma imagem, a fotografia em infravermelho (em inglês IR) captura pelo menos uma parte do espectro infravermelho. Existem muitas aplicações práticas para fotografia em IR, incluindo câmeras de segurança e criminologia, entre outras. Para os fotógrafos, fotografia IR produz imagens que são surreais, às vezes fantasmagóricas ou de sonhos. Isto abre um leque grande de possibilidades criativas que tem fascinado muitos fotógrafos há anos. Se você esta procurando ampliar a sua visão  artística, fotografia IR pode ser a ferramenta certa.

Com base em câmeras digitais convertidas para IR, nós trilharemos uma jornada pelos aspectos técnicos e estéticos do mundo de fotografia IR, discutindo as melhores maneiras de capturar imagens com estas câmeras. Sairemos a campo para experimentar com algumas câmeras que teremos a disposição dos alunos atrás de fotos de paisagem, arquitetura e pessoas. De volta a sala de aula, processaremos as imagens dos alunos para experimentar com diversas técnicas de processamento usando o Lightroom. Você sairá deste curso com conhecimentos para escolher seu equipamento e capturar imagens de sonhos.

Este curso é para mim?

O curso foi estruturado para quem já possui conhecimentos básicos de fotografia e de Lightroom. Você aproveitará o melhor deste curso se souber usar uma câmera digital, entender conceitos básicos como abertura, profundidade de foco, balanço de branco e as ferramentas básicas do Lightroom no modo “revelador”. Você não precisa ter uma câmera convertida para IR, teremos algumas à disposição dos alunos para a saída fotográfica. Se você já tiver fotografado com uma câmera convertida, traga algumas das suas imagens para trabalharmos na sala de aula. Além disso, é essencial que você traga a sua imaginação, criatividade e senso de humor para aproveitamento total do curso.

Descrão e Objetivos

Curso de introdução a fotografia com câmaras digitais convertidas para infravermelho cobrindo: conceitos técnicos básicos sobre infravermelho; conversão de câmeras digitais para fotografia infravermelha; captura de imagens em câmeras convertidas, fotometria, balanço de branco; uso de filtros IR; escolha de lentes; tratamento de imagem IR em Lightroom e efeitos especiais. Você terá acesso as informações básicas para que possa escolher uma câmera a ser convertida, o filtro para conversão, lentes que funcionam bem para IR, como fotografar em IR e dicas de tratamento e efeitos especiais em Lightroom. Será programada uma saída a campo, sendo que o local dependerá das condições do tempo, para praticar com algumas câmeras convertidas que serão fornecidas pelo instrutor.

 

Inscrição

Clicio Barroso Filho e Marcelo Lessa

Marcelo Lessa

Fotografa desde os anos 70, já tendo participado de várias exposições no Brasil e nos EU. Foi um dos fundadores do Foto Clube de Londrina e fotografo jornalístico no início dos anos 80. Nos anos 70 já fotografava com filmes infravermelho, tanto em PB quanto em cor. Enquanto morava nos EUA, converteu a sua primeira câmera para infravermelho em 2002, no início do processo de conversão digital. Desde então fotografa e expõe o seu trabalho em infravermelho.

Clicio Barroso Filho

clicio-barroso-web

Paulistano e com formação em Design de Multimídia, Clicio cursou a Camera Photoagenthur / Nikon School of Photography nos anos 70, e Escola Visual do Parque Lage nos anos 80. Depois de passar pelo Estúdio Abril, trabalhou em Nova Iorque, São Paulo, Rio de Janeiro, e Europa, fotografando editoriais de moda e publicidade. Atualmente, trabalha para agências nacionais e norte-americanas.

Participa regularmente de exposições, e por três vezes recebeu o Prêmio Abril de Jornalismo, categoria Fotografia. Na área digital, estudou com Dan Margulis, Scott Kelby e Peter Krogh, entre outros.

Clicio tem ministrado cursos, palestras e workshops em faculdades e cursos de pós graduação, em instituições como o SENAC, UEL, Escola São Paulo, entre outras.

Diretor da Associação de Fotógrafos Fototech, é colunista da revista Digital Photography, e colaborador de várias outras revistas especializadas em fotografia.

Compartilhe isso: