Tópicos

O que trazer

Uma câmera de sua preferência

Infos

Envie o formulário de inscrição para ser avisado sobre próximas turmas

Workshop [15 horas]
19h ás 22h [sexta-feira]
10h às 17h [sábado e domingo]
2x R$ 375,00

Descrição

“Penna Prearo é um construtor de narrativas. Um diretor que constrói cenas, inventa cenários e situações insólitas para protagonistas tão improváveis quanto um mosquiteiro de tule, um cavalinho de pau, a cabeça de uma escultura clássica, duas rodas de bicicletas ou os objetos e construções banais e imprevistas como um hidrante, uma guarita ou um cupinzeiro, que o artista em suas infatigáveis peregrinações, percebe e trata como personagens sólidas, enigmáticas, poderosas em suas presenças silenciosas como um gato atravessdsddsdsando uma rua durante a noite. Nesse sentido sua poética, alimentada por baladas rockeiras e por vasto repertório literário, afigura-se como um diário do maravilhoso que ele consegue fazer irromper de um cotidiano que os tristes e desavisados supõem comum”

(Agnaldo Farias – professor, curador, crítico de arte)

Este workshop destina-se a pessoas que desejam desenvolver sua capacidade de construir narrativas de criação particular. Qual o papel da memória afetiva? Como se dá um processo de criação pessoal? Até onde a ideia é concebida com antecedência e a partir de onde ela se revela durante o trabalho? Inspiração, trabalho duro ou os dois? Imagem única, série ou os dois? Como o cotidiano pode oferecer oportunidades de expressão? Estas e outras perguntas serão exploradas, discutidas, praticadas. E cada participante sairá com suas próprias respostas, trilhando seu próprio caminho.

Inscrição

Penna Prearo 

Penna Prearo nasceu em Maylasky – SP – no ano de 1949, é fotógrafo desde 1972.  Atualmente é Representado pela Galeria Lume – São Paulo e participou de exposições coletivas nos espaços: Museu de Arte Sacra/SP, Micasa/SP, Caixa Econômica em Brasília/DF e Rio de Janeiro/RJ; Centro Cultural Banco do Brasil/SP, Museu de Arte São Paulo/Masp; Itaú Cultural/SP; Museu de Arte Moderna/SP; Museu de Arte Contemporânea/SP; Museu da Imagem e do Som/SP; Museu de Arte Contemporânea do Ceará/CE; e também na Alemanha, Bélgica, Chile, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Luxemburgo, México, Finlândia.

Ganhou o Prêmio Aquisição de Fotografia do Banco J.P.Morgan com o trabalho São Todos Filhos de… Deus” 1994-2000, em 1999. Tem Fotografias nas coleções e acervos: Coleção Joaquim Paiva,  Coleção Rubens Fernandes Junior, MAM / Museu de Arte Moderna de São Paulo, MAC / Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Fototeca de Havana/Cuba, Itaú Cultural/SP (acervo digital), Coleção Masp/Pirelli, edição 2001, Bienal de Curitiba, edição 2000.

Foto: Eduardo Barille

Compartilhe isso: