Tópicos

-Exploração do ‘terreno’ do documentário contemporâneo e mapeamento de suas convergências e divergências com os campos das artes visuais e do jornalismo;
-Exploração da produção documental do Coletivo Garapa. Noções da produção documental multi-plataforma (digital e analógica). O Potencial das novas mídias e sua integração com o fazer documental;
-Referências de ensaios documentais. A abordagem ficcional à partir do real;
-Novas estéticas do jornalismo (o jornalismo como propulsor da arte);
-Integração das plataformas de produção (mesmo projeto, diferentes possibilidades de apresentação);
-O processo de produção coletiva.

O que trazer

Material produzido (portifolio, publicações etc), computador (se tiver), câmera (se tiver), smartphone (se tiver).

Infos

Envie o formulário de inscrição para ser avisado sobre próximas turmas

Curso [24 horas]
3 x R$ 360,00

Descrição

O Workshop tem o propósito de estimular o pensamento e a produção de conteúdo visual, de maneira coletiva, e com foco nas narrativas documentais contemporâneas.

Um ensaio visual coletivo será produzido, integrando fotografia, texto e outras mídias. Durante o workshop, o grupo participante será um “coletivo de produção”. Esse coletivo vai abordar um tema específico eleito pelos envolvidos. e terá como objetivo trabalhar colaborativamente e desenvolver uma narrativa documental a partir dele. A construção se dá desde a concepção da ideia inicial até a realização de uma obra aberta.

O Fazer Documental:
-Discussão e mapeamento de propostas de trabalho;
-Desenvolvimento de projeto documental coletivo;
-Edição de material captado;
-Montagem do ensaio visual.

 

Inscrição

Garapa

Garapa é um espaço de criação coletiva dedicado a pensar e produzir narrativas documentais, integrando distintas linguagens e plataformas. Desenvolve trabalhos que exploram as fronteiras entre o documental e a ficção, a fotografia, o vídeo e a literatura. O coletivo tem reconhecida produção independente, merecendo destaque os trabalhos “Morar”, vencedor do III Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia (2012), “Calma”, exibido na I FotobienalMASP (2013) e “A Margem”, exibido no Centro Cultural São Paulo (2013). Em 2014, foi contemplado pela segunda edição da Bolsa de Fotografia ZUM / IMS, com o projeto “Postais para Charles Lynch”. Fundado em 2008, é composto hoje por Paulo Fehlauer e Rodrigo Marcondes.

Site: http://garapa.org

Paulo Fehlauer  – Fotógrafo, jornalista e produtor multimídia, desde 2006 vem pesquisando e realizando projetos relacionados às narrativas online. Graduado pela ECA-USP, foi repórter fotográfico freelance no jornal Folha de S. Paulo e Revista Época, entre outros. Estudou e trabalhou no International Center of Photography, em NY.

Rodrigo Marcondes – Fotógrafo, jornalista e produtor multimídia focado em narrativas documentais. Colaborou com diversos veículos de comunicação brasileiros, como o jornal Folha de S. Paulo, Editora Trip e outros. Viveu na Inglaterra e na Itália, onde trabalhou como fotógrafo freelance e aprofundou sua educação nas Artes Visuais. Em 2012, concluiu o Master of Documentary Photography, da Universidade AKV St. Joost, na Holanda.

Compartilhe isso: