Tópicos

MONTAGEM
Condição de montagem / Logística e processo / Reuniões com os produtores (pré-produção) / Manipuladores (load master) / Designer (iluminador) / Instalador (art handler) / Técnico, elétrico, eletrônico / Tecnologia, informática / Climatização / Visitas técnica, central operacional.

ESPAÇO
Obras – Identificação e manuseio / Bases, cúpula e vitrines / Registros / Abertura / Embalagem / Laudos / Diagramas
Salas expositivas – Mesa – luz / Posicionamento, leituras / Identificação, legendas das obras e textos / Conhecimentos / Informação / Colocação / Execução / Diagramação
Montagem – Fixação / Coleta de resíduo e separação.

DESMONTAGEM
Cronograma – Reserva técnica, depósito / Preparação, courrier, curador / Posicionamento, caixas, encaixotar / Fixar símbolos, adesivar / Acompanhamento, carregamento, transporte e lacres
Relatório – Laudos / Protocolo de entrega do espaço.

OFICINAS
Instrumentação – FixaçãoBuchas e alhetas /
Sensores – Alarmes e dispositivos de segurança, acessórios, escadas,
Medidores – Termo-hidrometro, luximetro e multimetro

AVALIAÇÃO
CONCLUSÃO

O que trazer

1 – Molduras
2 – obras ou foto
3 – equipamento pessoal

Infos

Curso [18h]
05, 12, 19 de maio
02 e 09 de junho
19:00 às 22:00 [quinta-feira]
2x R$ 240,00

Descrição

As exposições são o meio pelo qual os museus ganham vida, é o momento no qual a sociedade pode interagir diretamente com seu patrimônio musealisado, é o que transforma os museus em lugares privilegiados para fomentar a educação, cidadania e cultura de maneira agradável e informal.

Assim, ser responsável pela montagem das exposições é viabilizar esse encontro entre a pessoa e o objeto, adequando um projeto dentro de determinado espaço de maneira coerente, acessível e segura. É um trabalho que envolve técnica, experiência e cooperação com todas as equipes do espaço.

Durante o curso exploraremos os detalhes desse trabalho que começa junto na concepção da exposição e só termina na resposta do publico.

Objetivo:

Capacitar e atualizar profissionais,  atuantes na area de montagem de exposição de arte, mostrando como funciona tal processo desde o planejamento, produção até sua execução. Apresentando situações reais através de imagens, plantas arquitetônicas e projetos ja concluídos, os alunos poderão conhecer e discutir as dificuldades e (sempre) novas informações decorrentes de uma montagem de exposição. Exercitando a capacidade criativa e colocando em pratica o aporte teórico adquirido na universidade.

Inscrição

Hiro Kai

Hironobu Kai nasceu em Nagasaki (Japão) em 29 de agosto de 1955. É formado em artes plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP. É gravador, artista intermídia e desenhista. Nos anos 1980, recebeu premiações em Salões de Arte em diversas cidades do interior de São Paulo, período em que fez parte do grupo Aterrar, juntamente com Mari Kanegae e Alice Haga. Depois, morou algum tempo no Japão e atualmente reside em São Paulo, dedicando-se ao designer gráfico e a montagem de exposições. Segue abaixo alguns de seus trabalhos mais recentes:

2011 -Escher Rio CCBB_Brasilia, Rio e SP  e  OsGemeos- Museu Vale- ES
2012    India CCBB Rio, SP e Brasilia
2013    Alejandro Otero, Estação Pinacoteca – SP e Fundição Artística -Centro Cultural Fiesp, São Paulo, SP
2014    Mário Testino MAB- FAAP SP e Abraham Palatnik MAM- SP
2015    Ukyio-e –MON- Curitiba

Compartilhe isso: