Desaudio

de dezembro a janeiro de 2014 de Lucas Lenci

O autor apresenta espaços vazios ou com poucas figuras humanas, com certa dose de melancolia. O fotógrafo vai de Tóquio a São Simão, passando por Punta del Este e Maldivas, até retornar a um Rio de Janeiro que surpreendeu seu olhar, apesar das diversas visitas anteriores. Para Cássio Vasconcellos, “as fotografias de Lucas são equilibradas e harmônicas na composição. São espaços quase desertos, com muito horizonte e silêncio. Ao contrário do dia a dia caótico da cidade, não há conflito nas imagens, algo que para os dias de hoje é um alívio”.

A Exposição no Madalena CEI se trata de abrir o processo gráfico do fotolivro Desaudio, mostrando como os erros de impressão geraram novas possibilidades de interpretação do trabalho.

Desaudio consolida um minuncioso estudo de linguagem fotográfica, com especialização em publicação de fotolivros, feita pelo autor ao lado do também fotógrafo Iatã Cannabrava, coordenador editorial do livro. É a segunda publicação da Editora Madalena, exclusivamente dedicada a livros de fotografia e coordenada pela fotógrafa Claudia Jaguaribe, pelo curador Claudi Carreras e pelo próprio Cannabrava.

Claudi Carreras

Lucas-Lenci_Convite_Eletronico

Lucas Lenci

Formado em desenho industrial pela faculdade Belas Artes de São Paulo, estudou simultaneamente fotografia e começou a carreira de fotógrafo após trabalhar como produtor, e posteriormente, como diretor de arte para fotógrafos no Brasil e no exterior. Após temporada em Nova York, onde trabalhou como diretor de arte, abriu em São Paulo estúdio próprio e começou a trabalhar com agências e clientes diretos. No inicio de 2010 se juntou aos também fotógrafos André Andrade e Cássio Vasconcellos, e fundou o site www.fotospot.com.br, com a ideia de oferecer um acesso mais fácil à fotografia autoral. Suas obras fazem parte de coleções particulares e de grandes entidades, como Banco Santander e Banco Espírito Santo. É neto de Peter Scheier, importante fotógrafo alemão que, vivendo no Brasil nas décadas de 40 a 70, cobriu grande parte dos acontecimentos nacionais e cujo acervo profissional encontra-se hoje no Instituto Moreira Salles. Ganhou o Prêmio de Arte 2013 durante a SP-Arte.

04122013_MCEI_lancamentoLucasLenci_TalitaVirginia__CAN0490

04122013_MCEI_lancamentoLucasLenci_TalitaVirginia__CAN0529

04122013_MCEI_lancamentoLucasLenci_TalitaVirginia__CAN0554

04122013_MCEI_lancamentoLucasLenci_TalitaVirginia__CAN0514

Compartilhe isso: