Se não me engano, faz Angola

de julho a setembro de 2014
de Jordi Burch com poemas de Ondjaki

02_baja

O Madalena Workshops Centro de Estudos da Imagem apresenta, com curadoria de Claudi Carreras, a exposição “Se não me engano, faz Angola” de Jordi Burch e Ondjak. O trabalho é o resultado criativo da parceria dos artistas e inclui performance de Ondjaki e visita guiada com os artistas em sua abertura.

O fotógrafo catalão Jordi Buch e o poeta angolano Ondjaki, uma viagem de sete dias ao sul de Angola. O resultado é um conjunto de fotografias conectadas a poemas, onde cada fotografia e poema possuem sua pequena narrativa. O fotógrafo conta que a ideia era fotografar pessoas de longe e ampliar as imagens para que os retratos ficassem aproximados. Mas grãos gerados pela ampliação obrigam o expectador a se afastar da obra para poder enxergar, gerando a dualidade entre a aproximação e a distância, e entre fotografias e poemas, entre a linguagem visual e a escrita.

Veja mais do processo do Jord i Burch AQUI  e da poesia doOndjaki AQUI

Se-nao-me-engao_Angola_Expo_24

“estão vivos os fantasmas
e aprenderam a
a uivar.
preparo os pés.
reinicio a caminhada.
carrego na mão
essa âncora
que ao estar no chão
me macera
o tornozelo.
evaporaram-se
as palavras
molhadas.
está nu
o meu estendal.
respiro. espero.
oxalá
que os pássaros
saibam
o caminho de volta
até mim.”

Ondjaki

Se-nao-me-engao_Angola_Expo_31-copy

Se-nao-me-engao_Angola_Expo_28

Se-nao-me-engao_Angola_Expo_25

Se-nao-me-engao_Angola_Inauguração_034

Se-nao-me-engao_Angola_Inauguração_002

Compartilhe isso: